Visualizar:

▼ Textos
  • Pensamentos sobre a VIDA. Reflita melhor...

    14

    Mar
    14/03/2011 às 10h00

    A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

    CHARLES CHAPLIN


    *****************************

    Pensamos demasiadamente
    Sentimos muito pouco
    Necessitamos mais de humildade
    Que de máquinas.
    Mais de bondade e ternura
    Que de inteligência.
    Sem isso,
    A vida se tornará violenta e
    Tudo se perderá.

    CHARLES CHAPLIN

    ********************************

    Dificil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
    Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer.

    BOB MARLEY

    ********************************

    ..Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
    Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
    Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
    Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
    Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
    Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
    Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
    Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
    Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
    Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
    Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
    Enfim...
    Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
    todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...
    O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
    as nossas loucuras...
    Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

    MÁRIO QUINTANA

    **********************************

    Definitivo

    Definitivo, como tudo o que é simples.
    Nossa dor não advém das coisas vividas,
    mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

    Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos
    o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções
    irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado
    do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter
    tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que
    gostaríamos de ter compartilhado,
    e não compartilhamos.
    Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

    Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas
    as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um
    amigo, para nadar, para namorar.

    Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
    momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas
    angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

    Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

    Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
    confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
    todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

    Por que sofremos tanto por amor?
    O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma
    pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
    companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

    Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
    verso:

    Se iludindo menos e vivendo mais!!!
    A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
    está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
    na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
    sofrimento,perdemos também a felicidade.

    A dor é inevitável.
    O sofrimento é opcional...

     

    CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

    ********************************

    Dez Coisas que Levei Anos Para Aprender

    1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.

    2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

    3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

    4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

    5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.

    6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

    7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".

    8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".

    9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

    10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

     

     

    LUIS FERNANDO VERISSIMO

     

     

     

    Digite os números da imagem ao lado:

    Comentar
Home |  Blog Grátis |  Hospedagem HTML Grátis |  Quem somos |  Parceria |  Anuncie |  Ajuda
Trabalhe no XPG |  Política de Privacidade |  Política de Segurança |  Denúncia © 2004-2017 XPG | Siga esta corrente